quarta-feira, 9 de setembro de 2015

El Niño: auge em fevereiro de 2016

Peru pode ser país mais afetado no mundo pelo fenômeno El Niño e o governo se prepara para enfrentar um cenário complicado. A corrente do El Niño produz uma elevação das temperaturas do Pacífico equatorial e pode causar fortes chuvas em algumas partes do mundo e secas em outras. No Peru a previsão é de que aconteça as duas coisas, com fortes chuvas no norte e seca no sul andino, complicando a produção agrícola no país.
O governo peruano investirá neste ano cerca de 500 milhões de dólares em prevenção, e já dispôs de um fundo de 900 milhões de dólares para 2016. Além disso, conta com uma linha de crédito de 400 milhões de dólares para enfrentar os efeitos nas áreas de saúde, agricultura e moradias. O El Niño deve ganhar força em dezembro e no Peru espera-se que alcance seu nível mais intenso em fevereiro, diluindo-se até abril ou maio.
Estamos ferrados! Ano que vem é seco novamente no Nordeste brasileiro caso isto se confirme!!
 (Fonte: G1)


Nenhum comentário: