segunda-feira, 23 de março de 2015

CO2 para de subir

Enquanto a economia do planeta cresceu 3%, as emissões globais de dióxido de carbono (CO2) do setor de energia pararam de subir em 2014 pela primeira vez em 40 anos, exceto em anos com crise econômica, como 1992 e 2009. De acordo com um comunicado, no ano passado as emissões do gás poluente foram de​ 32,3 bilhões de toneladas em 2014, na comparação a 2013.
A paralisação do crescimento das emissões está ligada a padrões ecológicos de consumo de energia na China, o maior país emissor de carbono, à frente dos Estados Unidos, e em nações desenvolvidas. Na China, 2014 viu uma maior geração de eletricidade a partir de fontes renováveis, como energia hidráulica, solar e eólica, e menos queima de carvão.
A COP 21, cúpula das Nações Unidas que deve acontecer em Paris, tem o objetivo de obter um acordo para limitar as emissões globais que, segundo um painel internacional de cientistas, o IPCC, são responsáveis por provocar mais ondas de calor, inundações e elevação do nível do mar.

Fonte: Revista Eletrônica AMBIENTE BRASIL (via newsletter)

Nenhum comentário: