terça-feira, 16 de setembro de 2014

A partícula de Deus e o fim do mundo

O físico Stephen Hawking pode ter preocupado muita gente ao revelar que uma partícula elementar, teoricamente surgida após o Big Bang e conhecida como Partícula de Deus, poderia provocar o fim do mundo. Ele escreveu essa teoria no prefácio de seu novo livro, Starmus, e disse mais: isso pode acontecer a qualquer momento, sem que nenhum aviso seja emitido.
Os cientistas acreditam que uma mudança no estado de energia do universo pode fazer com que ele sofra uma deterioração catastrófica. Isso quer dizer que uma bolha de vácuo poderia se expandir a velocidade da luz no espaço destruindo tudo o que encontrasse pela frente.
Essa partícula, chamada de Bóson de Higgs, foi prevista pela primeira vez em 1964 por um grupo de cientistas, incluindo Peter Higgs, preenchendo uma lacuna que faltava no modelo padrão da física das partículas e explicando três das quatro forças fundamentais existentes no universo: as forças fortes, fracas e eletromagnéticas.
A massa dessa partícula é necessária para manter a estabilidade do universo. Se esse estado entra em colapso, o universo fica instável, provocando um evento catastrófico. Mas, de acordo com cientistas, embora o potencial de Higgs governe o vácuo em que estamos e seu estado de energia possa sofrer mudanças, é improvável que o mundo acabe nos próximos bilhões de anos.
(Fonte: Terra)


Nenhum comentário: