segunda-feira, 30 de junho de 2014

Momento lírico 278

NÃO VEJO A HORA...
(Karl Fern)

Tanto tempo sem te ver
Tem-me posto acabrunhado
Dessa tristeza amorrinhado
Só por teu amor carecer
Ah, meu Deus o que fazer
Com esse banzo enfezado?

Sinto agonia por todo lado
Nada acho pra me agradar
Olho pra o céu ou pra o mar
Enxergo tudo emaranhado
Eu não quedo sossegado
Enquanto não te abraçar!

Não aguento mais esperar
Tou tronchinho de vontades
Meu amor pelas caridades
Não vejo a hora de te achar
Pudermos juntinhos rasgar
Esse “bisaco” de saudades!


Nenhum comentário: