quinta-feira, 26 de junho de 2014

Estrela diamante

Uma estrela identificada por um grupo de astrônomos pode ser a anã branca mais fria e com brilho mais fraco já identificada. A temperatura estimada do astro – de cerca de 2,7 mil ºC – determina que o carbono que o compõe tenha provavelmente cristalizado, o que faria dele um grande diamante, do tamanho da Terra.
As anãs brancas são estrelas que têm mais ou menos o tamanho da Terra, compostas principalmente por carbono e oxigênio. Trata-se do estágio final da maioria das estrelas e tendem a esfriar e desaparecer ao longo de bilhões de anos.
A descoberta foi possível graças a observações feitas em instrumentos do Observatório Nacional de Radioastronomia (NRAO) e em outros observatórios.  A equipe de astrônomos pôde, inclusive, determinar a localização precisa da anã branca.

Fonte: Revista Eletrônica AMBIENTE BRASIL (via newsletter)

Nenhum comentário: