terça-feira, 15 de abril de 2014

Momento lírico 264


IMPOSSÍVEL ESQUECER
(Karl Fern)

Pensando em te esquecer
Vontade é que não me falta
Jurei pela cruz de malta
Que isso ia acontecer
Mas para o meu padecer
A voz do coração é mais alta.

Nos refletores da ribalta
Na pulsação dos desejos
Vão e vêm-me os lampejos
Numa judiação peralta
E assim tudo me salta
Ao controle destes almejos.

A despeito destes ensejos
Nos limites da ansiedade
Arde o farol da insanidade
Lembranças alinham cortejos
E entre repentes e solfejos
O que sinto mesmo é saudade!

Nenhum comentário: