sexta-feira, 7 de março de 2014

Filme plástico X Alimentos!

O filme plástico utilizado para embalar alimentos implica em sérios riscos para a saúde. O problema  é que os compostos tóxicos presentes no plástico – principalmente os clorados – são solúveis em gorduras e isso faz com que sejam atraídos por elas.
Na prática, um sanduíche com manteiga ou requeijão, por exemplo, pode ser contaminado por esses compostos. O melhor é aplicar o princípio da precaução. A mãe que envia o lanche do filho para a escola pode lançar mão do papel alumínio, que não apresenta esse problema. Mas o ideal mesmo seria a retomada de hábitos antigos, como acondicionar o sanduíche ou a fruta em um pano de prato, num saquinho de papel ou – para os mais adeptos da modernidade – num pedaço de papel toalha.
Um dos maiores inimigos do consumidor ainda é a falta de um alerta maciço sobre esses necessários cuidados e, também, as informações truncadas que, muitas vezes, terminam circulando, sobretudo no território livre da internet.
Fonte: Revista Eletrônica AMBIENTE (via newaletter)
Dica curiosa: Para evitar que aquelas pontas do filme plástico sempre enrolem, fazendo o embalador perder a paciência, guarde o rolo na geladeira!


Nenhum comentário: