sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

AVC x Mudanças no clima

Alterações de temperatura podem elevar o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), especialmente quando está mais frio. Seres humanos têm mais probabilidade de ter um AVC e morrer em decorrência dele em ambientes onde há grandes mudanças na temperatura e alta umidade.
Entretanto, o clima mais quente reduz o risco de se precisar de um tratamento hospitalar e melhora as chances de sobrevivência. Já temperaturas mais baixas podem provocar acidentes vasculares devido à exposição ao frio, o que pode acarretar desde aumento da pressão arterial e a retração dos vasos sanguíneos, o que resultaria na coagulação de plaquetas.

Depois de examinar uma amostra de 134.510 pessoas acima dos 18 anos que foram internadas em hospitais entre 2009 e 2010 para tratamento de acidente vascular cerebral isquêmico – o tipo mais comum, causado por um coágulo sanguíneo que bloqueia o fluxo de sangue levado para o cérebro, pesquisadores da Escola Yale de Saúde Pública, EUA, compararam as informações com dados sobre o clima, incluindo temperatura e ponto de orvalho – indicando maior umidade do ar – à época. Eles descobriram que grandes variações diárias de temperatura e maior umidade média foram associadas com taxas altas de hospitalização.
Fonte TERRA

Nenhum comentário: