segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Comportamento: A mulher como objeto

Estudo mostra que homens heterossexuais vêem mulheres como objetos – literalmente. O estudo em questão é da psicóloga Susan Fiske, da Universidade de Princeton, publicado e analisado o livro “The Equality Illusion: The Truth about Women and Men Today” de Kat Banyard. Ela tirou imagens de cérebros de homens heterossexuais enquanto olhavam imagens sexualizadas de mulheres usando biquines.
A descoberta foi que a parte do cérebro ativada era aquela que normalmente acende quando as pessoas vão utilizar alguma ferramenta – eles viam mulheres como objetos inanimados que recebiam uma ação sua. Mais nada. Os caras que mais tiveram incidência desse comportamento foram aqueles que mais conseguiam desativar a parte do cérebro que leva em consideração as intenções de outras pessoas (o córtex medial pré-frontal). Eles respondiam frente a essas imagens como se as mulheres fossem não-humanas.
Os homens – nem todos eles, é claro – olham para a mulher como se ela estivesse ali para lhe servir. É quase como se qualquer mulher fosse uma boneca inflável, levando o assunto para o sexo. E isso é extremamente nocivo à sociedade e as relações entre os gêneros.
Só que, ao mesmo tempo, tudo isso é possível de ser mudado. Há milhares de homens que tratam mulheres com respeito, que entendem que nem toda mulher se interessará por ele e que não estará disponível. Mas grande parte deles não quer – assim como uma boa parte das mulheres. E então cabe às mulheres e homens conscientes, colocar limites e lutar contra a exploração que esse tipo de pensamento tão arraigado na sociedade causa. Esse é o tipo de ideia que faz com que estupradores sintam-se certos, assim como também os agressores.
Fonte: YAHOO MULHER

Nenhum comentário: