segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Momento lírico 222


ISTO É SAUDADE!
(Karl Fern)

Só ela me amava tanto
Só ela me queria tanto
Suas rugas eram tantas
Sua teimosia era tanta
Sua sabedoria era tanta
Sua lembrança me encanta
Sua falta ninguém suplanta!

Seu cabelo era preto e branco
Seu olhar já não brilhava tanto
Sua voz não se ouvia tanto
Mas o riso era sempre franco
Na tristeza soluçava um pranto
Reclamava mas nem tanto
Rezava como qualquer santo!

Sua alegria a me abençoar
Suas queixas a me enredar
Sua vida a mim se queixar
Suas ideias a me contar
Suas esperanças a me falar
Nunca mais vou lhe escutar
Mas nada vai ocupar seu lugar!

Ela sabia o que eu queria
Ela sentia o que eu sentia
Ela sorria quando eu sorria
Ela vivia porque eu vivia
Eu sempre fui sua cria
Quando mais eu não queria
Ela se foi pra onde irei um dia!

"Descanse em paz minha mãe,
Até o incerto dia! 
Quando nos juntaremos 
Pra nunca mais nos separar!"


3 comentários:

Lucena Fernandes disse...

Que maneira linda de falar de sua saudade! Parabéns!

Anônimo disse...

Saudade, distancia, separação, estão sempre marcando as histórias dos poetas!

Parabéns!

Anônimo disse...

Muito bela homenegem descrito tão bem em versos rimados de saudade!


Parabéns meu eterno poeta!