sábado, 9 de novembro de 2013

Azeite de oliva... Só no rótulo

A Proteste - Associação de Consumidores - testou 19 marcas de azeite extravirgem e constatou que quatro (Figueira da Foz, Tradição, Quinta d’Aldeia e Vila Real) não podem nem ser consideradas azeites, e sim uma mistura de óleos refinados. Menos da metade dos produtos avaliados, apenas oito, apresentam qualidade reais de extravirgens. São eles: Olivas do Sul, Carrefour, Cardeal, Cocinero, Andorinha, La Violetera, Vila Flor, Qualitá. Os outros sete (Borges, Carbonell, Beirão, Gallo, La Espanhola, Pramesa e Serrata) são apenas virgens.
Em três testes anteriores que a entidade realizou com esse produto (2002, 2007 e 2009) notificou o Ministério Público, a Anvisa e o Ministério da Agricultura, exigindo fiscalização mais eficiente, mas o GOVERNO DAS BOLSAS não deu a mínima (afinal saúde pública e combater a bandidagem não é mesmo uma prioridade!). Pelo contrário, neste último o número de fraudes contra o consumidor aumentou. Isso também demonstra que os fabricantes ainda não são alvos da fiscalização necessária.
ATENÇÃO CONSUMIDOR!
FRAUDES (São apenas óleos): TRADIÇÃO, QUINTA DA ALDEIA, FIGUEIRA DA FOZ e VILA REAL;
DIZEM SER MAS NÃO SÃO (São apenas misturas): BEIRÃO, BORGES, CARBONELL , GALLO, LA ESPANHOLA, PROMESA e SERRATA;
APROVADOS: ANDORINHA, CARDEAL, CARREFOUR, COCINERO, LA VIOLETERA, OLIVAS DO SUL, QUALITÁ e VILA FLOR.
Fonte: DIVERSAS


Nenhum comentário: