quinta-feira, 3 de outubro de 2013

O Lago Natrão

É um lago salgado alcalino situado no norte da Tanzânia, próximo da fronteira deste país com o Quênia, no Grande Vale do Rift. Trata-se de um lago endorreico, de origem tectônica e com menos de três metros de profundidade.
A natureza pode ser feia e assustadora: este lago assassino transforma animais em estátuas. Essa porção de ‘água assassina’ alcança temperaturas de 60 °C, e seu pH vai entre 9 e 10,5. O nome vem do natrão, composto a base de carbonato de sódio e bicarbonato de sódio, proveniente das cinzas vulcânicas de um vale na região.
Esse ‘poço mortal’ abriga um tipo de tilápia ultra-resistente (Alcolapia alcalica), mas é fatal para outros animais. Aves que se acidentam em suas margens, iludidas pela superfície refletora do lago, têm um destino cruel: acabam mortas e calcificadas, como estátuas. Flamingos que tentam usar suas ilhas de sal como ninho correm o mesmo risco.
O fotógrafo Nick Brandt, explorador da África e diretor do clipe de Earth Song, de Michael Jackson, visitou o Lago Natrão em 2010 e fotografou o resultado macabro do contato da água com os corpos mortos dessas aves. As imagens estão disponíveis no site do fotógrafo, que está lançando um novo livro de fotos. Ver http://hypescience.com/fotos-lago-alcalino-transforma-animais-em-estatuas/.
Fonte: AMBENTE BRASIL (por newsletter!)

Um comentário:

Anônimo disse...

VÔTE!Quero passar longe de lá! Eu héim...

rsrsrs