quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Momento lírico 213

A BUSCA
(Karl Fern)

Procurei por todo lado
Pois sem ti tudo é triste
Parece que nada existe
Fico confuso e chateado
Num aperreio danado
E como qualquer vivente
De ti sou dependente
Faz-me uma falta danada
Limpa minha visão cansada
Ilumina o ego da gente.

Fiquei pensando sozinho
Esperando poder te ver
E te possuir com prazer
Pegar com jeito e carinho
Delicado, soft e limpinho
Mas eis que de repente
Encontrei em minha frente
Aliviando essa ansiedade
Dando-me tranquilidade
Acalmando minha mente.

Era tudo que eu desejava
Pra começar bem o dia
Pra encher-me de energia
Era só o que me faltava
Pra fazer o que pensava
Matar a tristeza e o mau
Logo ali pertinho do jirau
Abri tuas pernas singelas
E firmei-me no meio delas
Meu querido óculos de grau.


Um comentário:

Lucena Fernandes disse...

Valeu poeta! Nossa mente sempre pensando "besteira"......kkkkkk.