quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Momento lírico 197

O SONHO
(Karl Fern)

Nem fui dormir pensando
Mas terminei sonhando
Com meu amor perdido.
Foi um sonho malvado
De um caso mal acabado
Doloroso e muito sofrido.

Imagens soltas em brumas
Raios em meio a espumas
Um padecer amargurado.
Sombras toscas indefinidas
Corações e almas doídas
Presente faltando passado.

E naquela longa agonia
Veio o amanhecer do dia
Acordei triste e cansado.
Entendi a crua realidade
E num celeiro de saudade
Vi mais vazio o meu lado.
Fonte: MINHA RIMAS II

2 comentários:

Lucena Fernandes disse...

Li e reli e a cada vez, me pareceu mais belo e mais triste. Seus poemas falam de dores de amores de uma maneira extraordinária. Valeu poeta!

Anônimo disse...

Lindo demais, triste demais! Também ja tive sonhos assim, e não tive como evitar as lágrimas, mas mesmo assim, mesmo distante, "o amor é tudo"!

Encantada!