sábado, 24 de agosto de 2013

Momento lírico 187

TU ÉS...
(Karl Fern)

Minha rosa, minha açucena
Minha adorável pequena
A mais brilhante das flores
Dona de meus doces sonhos
Dos pensamentos risonhos
Princesa de raros amores.

Pra sempre minha amada
Minha eterna namorada
Aquela fada encantadora
Nunca serás esquecida
És a mulher mais querida
Minha musa inspiradora.

Com teus cabelos morenos
Nem grandes nem pequenos
Lascivos lábios cor de rosa
Com esse olhar inocente
O teu perfume envolvente
És de longe a mais mimosa.

E antes que me esqueça
Mesmo que eu não mereça
Guarde naquele cantinho
Lembrança do meu contato
Com muito amor e recato
E o mais dadivoso carinho.
 (*) Do meu livro MINHA RIMAS II


4 comentários:

Lucena Fernandes disse...

Belo poema! Muito sensível! Parabéns!

Anônimo disse...

Mesmo distante, nunca irei esquecer quem amei e amo com todas as minhas forças! Aquele que sempre chamarei de
meu filho, meu amado, meu amante, meu amor!

Lindo poema! Parabéns

Suenia! disse...

Que não nos percamos de quem amamos!Que jamais fechemos a porta do coração, deixando ao relento, algum sentimento, alguma emoção que noa faça sonhar!Que resgatemos dos cantos empoeirados da consciência, aquele alguém que já nos fez sorrir,e de alma banhada em amor, esqueçamos as mágoas...Porque nenhuma perfeição é possível!Porque real mesmo é poder abraçar, beijar e cuidar!O que importa é o toque e o encontro das almas, que um dia roçaram a pele em desejos eternos!

Anônimo disse...

Lindo! Belíssimo!