terça-feira, 27 de agosto de 2013

A água na natureza

A água é a substância simples mais abundante no planeta Terra e pode ser encontrada tanto no estado líquido, gasoso ou sólido, na atmosfera, sobre ou sob a superfície terrestre, nos oceanos, mares, rios e lagos. Também o constituinte inorgânico mais presente na matéria viva: cerca de 60% do peso do homem é constituído de água e em certos animais aquáticos esta porcentagem alcança 98% (SPERLING, 1996, p. 12).
Cientistas estimam que o nosso planeta tem três quartos de sua massa só de água (1,36 x 1018 m³ segundo SPERLING, 1996, p. 12) com 1,5 x 1012 metros cúbicos em estado livre no planeta (A. NETTO et alli, 1998, p. 536). Os mares e os oceanos contêm cerca de 97,4% de toda essa massa, as geleiras e as capas polares 2%, aquíferos subterrâneos 0,585%, rios e lagos superficiais 0,0140% e na atmosfera 0,001% (A. NETTO et alli, 1998, p. 536). Ou seja, apenas 0,6% de água doce dos quais 97,5% são de águas subterrâneas, 2,4% são de águas superficiais disponíveis em os rios e lagos, e 0,1% na forma de vapor d’água na atmosfera.
A maior parte das águas subterrâneas encontra-se em condições inadequadas ao consumo ou em profundezas que inviabilizam sua exploração. Diante desta situação é de importância fundamental para o futuro da humanidade, e sua própria sobrevivência, que se valorize a preservação dos recursos hídricos do planeta em suas condições naturais.

Fonte: ABASTECIMENTO DE ÁGUA (Prof. Carlos Fernandes - 2010)

Um comentário:

suenia disse...

Reportagem como essa nos da prazer de visitar um blog, principalmente a fonte de onde foi retirada!

Show de bola!