quinta-feira, 21 de março de 2013

Humor: o "causo" da boa velhinha!

Na missa das seis horas de um desses domingos, na igreja de S. Paulo Apóstolo, em Copacabana, o padre Eusébio perguntou aos fieis, ao final da homilia: - Quantos de vocês estão dispostos a perdoar seus inimigos? A maioria levantou a mão. Mas para reforçar a visão do grupo, ele voltou a repetir a mesma pergunta e então todos levantaram a mão, menos uma pequena e frágil velhinha que estava na segunda fileira.
- Minha Senhora! - disse-lhe o pároco - A senhora não está disposta a perdoar seus inimigos?
E ela respondeu doce e firmemente: -  Eu não tenho inimigos!
- Senhora, isto é muito raro! - disse admirado o sacerdote! E perguntou:  - Quantos anos tem a senhora?
- Ela respondeu: - 98!
Os presentes na igreja levantaram-se e aplaudiram a idosa. Então o padre falou: - A senhora poderia vir contar  para todos nós como se vive 98 anos e não se tem inimigos?
- Com prazer - disse ela.
A velhinha se dirigiu lentamente ao altar, ocupou o púlpito, virou-se de frente para os fiéis, ajustou o microfone com suas mãos trêmulas e então, olhando para os presentes, disse em tom solene :
- EU NÃO TENHO INIMIGOS PORQUE JÁ MORRERAM TODOS ELES, AQUELE BANDO DE FILHOS DA PUTA!
Enviada por SALOMÃO MEDEIROS (Via e-mail)


Nenhum comentário: