sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Só sei que era assim - 08

Um dos medicamentos mais antigos do mundo é a Emulsão de Scott. Desde o início do século XX, a marca registrada do fortificante é um pescador carregando um enorme bacalhau nas costas. Era a sua propaganda, que ficava afixada nas entradas das farmácias. Esse complexo vitamínico infernizou a vida de muitas crianças quando a mãe as forçava a beber uma colher daquele óleo com gosto de peixe estragado. Era horrível, mas diziam que fortificava e deixava as crianças imunizadas contra todas as doenças infantis: sarampo, catapora, gripes, resfriados, bronquite e asma. Um fenômeno da medicina da época.
A história do fortificante começou em 1830 em Nova York, quando o farmacêutico John Smith resolveu engarrafar óleo de fígado de bacalhau. O produto era (e ainda é) indicado para crianças em fase de crescimento. Desde o início do século 20, a marca registrada do fortificante é um pescador carregando um enorme bacalhau nas costas. No começo, o desenho aparecia em alto relevo nas garrafas, e depois foi levado para os rótulos, onde ainda permanece. Atualmente a Emulsão Scott (o “de” foi retirado do nome) é acondicionada em garrafas de PVC, que substituíram as de vidro. O medicamento chegou ao Brasil em 1908. Hoje, é produzido pela GlaxoSmithKline.

Nenhum comentário: