terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Vaidade masculina: fazer a barba

Depois de um barbear a pele tem para se refazer das agressões e não é só com os cortes ou dos pelos que encravam. O próprio ato da raspagem é uma agressão, pois a oleosidade da pele fica prejudicada com isso. Assim, é um grande erro dispensar uma espuma, um creme ou gel específico. Eles ajudam a manter seu rosto macio e devidamente hidratado. Veja como age cada um desses produtos específicos:
Gel - indicado para peles mais oleosas ou com acne (adolescentes, principalmente). Com ele, a lâmina desliza melhor e a chance de ocorrerem cortes diminui bastante;
Espuma - amolece o pelo, exigindo menos força e, portanto, pressão sobre o rosto. Rende ótimos resultados em homens de barba muito grossa e com facilidade para encravar os pelos;
Creme - também forma uma película grossa sobre a pele, facilitando o deslizamento da lâmina. Mas, diferente do gel, o creme também ajuda na hidratação e, por isso, é recomendado para peles secas.
Já a finalização do barbear deve ser a mesma: trate de ir à perfumaria e comprar uma loção pós-barba sem álcool, que contenha alantoína, aloe vera ou azuleno na fórmula (basta ler o rótulo para identificar). Esses ingredientes acalmam a pele, que acabou de ser agredida.
Por último nunca reutilizar a lâminas de barbear descartáveis. Insistir em reaproveitá-las não tem nada de econômico. Depois de usada, ela perde o corte e só irrita o rosto. Os pelos encravam e há o risco de desenvolver foliculite, uma espécie de inflamação. E assim, fica mais barato jogar a lâmina no lixo do que gastar com dermatologistas e remédios depois!
Fonte: MINHA VIDA (http://www.minhavida.com.br/)


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu particularmente adoro quando ta lisinho!! në um convite ao carinho!

Show de bola!