quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Socorram nossos mananciais!

Faz-se necessária a criação de um programa de recuperação sanitária dos nossos mananciais, pois de nada adiantará o controle cadastral dos mesmos sem um trabalho de saneamento das bacias hidrográficas.
Todos sabemos que devido o descaso com o tratamento de esgotos e do lixo produzido nas comunidades urbanas, como também o depósito ao ar livre dos rejeitos de extrações minerais etc, tem feito com que a poluição generalizada provoque a contínua degeneração da qualidade da água acumulada nos nossos reser­vatórios.
É do conhecimento geral que embora os açudes sangrem normalmente, acumulando água para dois três anos posteriores, com alguns meses de verão suas águas tornam-se inadequadas para o consumo potável. Tornam-se “grossa”, como diz o sertanejo, exatamente por causa da poluição irresponsável e da exploração imobiliária de suas margens, pela falta de autoridade do poder público pra coibir as agressões ambientais cometidas pelos proprietários de terrenos das margens e moradores das vizinhanças!
Portanto as prefeituras têm uma grande responsabilidade sobre a saúde de seus munícipes e deve unir secretarias com câmaras municipais no sentido de desenvolver estudos e criar projetos para atrair recursos oficiais e até privados, para a manutenção saudável dos nossos mananciais. Uma providência fundamental para proteção do ambiente e como medida de saúde preventiva!
Pelo bem dos jardinenses, NÃO DEIXEM O AÇUDE DO RIACHO DO MEIO MORRER TAMBÉM!

Nenhum comentário: