sábado, 19 de janeiro de 2013

Dengue

Toda hora é hora de combater a dengue. Não deixe que o alivio e a alegria da chegada das chuvas seja manchada pela presença dessa doença. A vigilância deve ser redobrada. Além dos cuidados dentro de casa, convoque colegas de trabalho, amigos, vizinhos e familiares a se unirem na batalha contra o mosquito transmissor da dengue.
Se não houver reprodução do mosquito não haverá dengue. Não pense nem deixe que o combate ao mosquito seja obrigação exclusiva do poder público ou do seu vizinho. Caminhe pelas ruas, observe as praças e os parques de seu bairro. Veja se há pneus ou embalagens vazias espalhados pelo chão. Fique atento as  poças de água.  Cuide para que o lixo fique longe de animais e protegido em sacos bem fechados. Terrenos baldios devem estar limpos: sem lixo nem entulho. Uma simples tampinha de garrafa pet pode ser um criadouro. Fique atento a tudo, qualquer coisa que possa acumular suficiente para permitir a reprodução.
Converse e chame vizinhos, jovens, idosos, comerciantes, associações de bairro e igrejas. Faça mutirões e monte uma força-tarefa de proteção à comunidade. Juntos somos mais fortes que a dengue e não se esqueça! Se você notar muitos focos do mosquito transmissor da dengue nas redondezas, faça sua parte e avise aos órgãos responsáveis do seu município. Sempre que o agente de saúde aparecer no bairro ou lhe fizer uma visita, converse com ele, ajude com trabalho comunitário. Esteja sempre por dentro das ações conjuntas de combate à dengue.
 DENGUE! É fácil combater, só não pode esquecer. Família, vizinhos, agentes de saúde e você: a parceria perfeita para vencer a dengue. Lembre-se: ACABAR COM A DENGUE SÓ DEPENDE DE NÓS!


Nenhum comentário: