quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Consumo de frutas


Comer frutas é essencial para o sucesso da dieta. Mas consuma moderada e regularmente e varie nas escolhas. Para obter os benefícios das frutas, é preciso ingerir de três a cinco porções por dia. Uma porção equivale, por exemplo, a uma fruta média, duas colheres de sopa de abacate, dez morangos, 15 uvas pequenas ou 15 jabuticabas.
As frutas também melhoram o funcionamento do intestino e eliminam toxinas. Leves, saudáveis e pouco calóricas, as frutas estão entre os alimentos que mais ajudam na perda de peso e na prevenção contra doenças. Ricas em vitaminas, fibras e sais minerais, além de bastante água, elas são extremamente importantes porque mantêm ativo o metabolismo e ajudam a controlar a fome, contribuindo para o emagrecimento.
As frutas devem ser sempre ingeridas junto com as refeições. No almoço e no jantar como sobremesa e nos lanches menores como componentes da refeição, pois o açúcar da fruta, a frutose, é absorvido mais lentamente na presença de outros nutrientes como a proteína e a gordura. É por isso que, quando combinada a um derivado de leite, como queijo ou iogurte, a fruta prolonga a sensação de “barriga cheia”.
Todas as frutas são boas. Elas têm vários nutrientes diferentes na sua constituição, portanto, é fundamental variar sempre. Para que você varie suas escolhas de maneira consciente, procure informações sobre o valor nutricional e o poder preventivo de cada uma delas.
O açaí, por exemplo, e uma boa alternativa para as pessoas que sofrem de anemia, mas quem tem diabetes ou gastrite deve evitar porque tem alto teor calórico. Outro exemplo, o chá feito com as folhas do mamão age contra uma ampla gama de tumores, incluindo os de colo do útero, mama, fígado, pulmão e pâncreas.
Fonte: MINHA VIDA - SAÚDE (http://www.minhavida.com.br/saude/materias/ – enviado por e-mail)

Um comentário:

Anônimo disse...

Saúde é o que interessa!

Gostei!