segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Momento lírico 108



ATO DE AMAR
(Karl Fern)

Amar é um ato de mútua sedução
O extrapolar de todas as emoções
No tálamo de divinais inspirações
A consumação excelsa da atração.

Êxtase sublime nos lençóis do leito
Improviso de fascinantes carinhos
Um cultuar de recatados cantinhos
Um palpitar cálido dentro do peito.

A cupidez em matizes da felicidade
Zuídos e murmúrios se entremeiam
Bocas ávidas de desejos passeiam
Sorvendo a doçura da sensualidade.

Corpos molhados em reluzente suor
Amando-se em ritmos harmônicos
Põem termo sob suspiros eufônicos
O romântico ato da entrega maior.

Compôs o velho poeta meditando
Que mesmo num momento sofrido
Viver sempre terá perfeito sentido
Quando se pode continuar amando!

Um comentário:

Anônimo disse...

O ato de amar é sim um dos momentos fascinantes nas vidas daqueles que cultivam e vivem intensamente o verdadeiro AMOR!

SENSACIONAL!