quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Momento lírico 105

DESABAFO!
(Karl Fern)

Nesse mundo de interesses escusos
Que só se pensa ganhar vantagens
O importante são as malandragens
A honestidade encontra ínfimo uso
E quem for correto é um intruso
Sobreviver tornou-se luta perigosa
A desconfiança uma arma poderosa
Nada de ruim é alguma novidade
Nossa vida gira no pião da falsidade
Até a verdade passou a ser mentirosa!

Tormento pra quem quer viver em paz
Felizmente ainda a grande maioria
E que clamam por justiça todo dia
Consciente que violência não satisfaz
Esperam que a situação volte atrás
Pra se ter melhores dias no futuro
Mas o tempo passa e fica mais escuro
Políticos no governo roubam mais
Os malandros não recuam jamais
A sociedade é mais lixo de monturo.

Há quem diga “no passado era pior”
Que imperava o regime dos coronéis
Quem mandava eram os ímpios infiés
Um pensamento que posso me opor
Pois no passado não havia lei maior
Hoje acontece a força da legalidade
Os preceitos pra tutelar a sociedade
Entretanto toda maldade praticada
Sempre há como ser acobertada
Alimentando o filé da impunidade.

2 comentários:

Anônimo disse...

TRISTE REALIDADE!

Lucena Fernandes disse...

Rui Barbosa escreveu: “De tanto ver crescer a INJUSTIÇA, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos MAUS, o homem chega a RIR-SE da honra, DESANIMAR_SE de justiça e TER VERGONHA de ser honesto”

Pelo visto, a falta de vergonha, o descaso e a falta de respeito continuam!