segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Sexo x Saúde

A atividade sexual faz bem tanto para o homem como para a mulher, pois libera uma série de substâncias que contribui para a saúde! A prática sexual sustenta a autoestima, fazendo bem ao corpo e à mente. Fazer sexo ativa alivia dores, melhora o sono e estimula a longevidade. A pessoa que tem uma vida sexual ativa cuida mais dela mesma, investe no físico, se produz, cuida da saúde e da beleza.
A cada dia, os cientistas descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde. Porém, apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, sabe-se que 70% dos brasileiros fazem menos sexo do que dizem. Portanto, se a ciência e os especialistas andam confirmando os benefícios que uma vida sexual ativa trazem ao corpo, então vamos saber o que dizem eles. Confiram as oito principais consequências boas do sexo:
1.       Enxaqueca - O orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso,  aliviando a dor, relaxando a musculatura e melhorando o humor. Portanto, quando seu ou sua parceir(o/a) reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça, diga-lhe carinhosamnte que você tem um remedinho bacana; 
2.       Pele - Fazer sexo, principalmente no período da manhã, é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude. Alcançar o orgasmo aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos. Em algumas pessoas, ocorre uma vasodilatação superficial dos vasos, aumentando a temperatura e, com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa, e o brilho natural dela fica em destaque. Portanto se sua parceira logo cedo começar a lhe excitar, então ela deve ter lido essa matéria (!);
3.       TPM - Não é uma regra, mas acontece com algumas mulheres. Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação. Mas há mulheres que, na fase pré-menstrual, não têm disposição para o sexo e forçar a barra pode ser pior;
4.       Sono - O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior;
5.       Estresse - O orgasmo não é um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida;
6.       Riscos de infarto - O sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames;
7.       Queima calorias - A atividade sexual pode ser um ótimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, faça de sua cama uma academia;
8.       Imunidade - Uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA, responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados.

Por Minha Vida - publicado em 10/08/2010

3 comentários:

Anônimo disse...

EXCELENTE MATÉRIA!

Anônimo disse...

PÔXA!! Além de ser tão bom, ainda traz todos esses benefícios? Não vou parar nunca mais!

Adorei!

Lucena Fernandes disse...

Boa matéria.
Parabéns!