sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Tratamento de esgotos sanitários - ETEs

Ao contrário do que ocorria no passado, a poluição hoje é vista como nociva para todos e, com isso, os cuidados com ela também merecem destaque! Assim os investimentos na área de saneamento e meio ambiente, além de serem exigidos pela legislação, trazem inúmeros benefícios a saúde preventiva da população e até financeiros quando instalados e operados com tecnologia adequada ao empreendimento.
Chama-se de ETE - Estação de Tratamento de Esgoto - a unidade operacional do sistema de esgotamento sanitário* que através de processos físicos, químicos ou biológicos removem as cargas poluentes do esgoto, devolvendo ao ambiente o líquido final tratado, em conformidade com os padrões exigidos pela legislação ambiental.
O local de uma ETE tem de ser estrategicamente escolhido, de modo que ela fique isolada do contato da população e seu efluente possa ser reutilizado com segurança ou lançado na natureza sem prejuízo ao meio ambiente local.
Os principais tipos de ETE’s são as que operam com as seguintes tecnologias:
1 - Lagoas de estabilização (para locais onde há disponibilidade de grandes áreas);
2 - Lodos ativados (para locais onde os espaços são pequenos ou terrenos muito caros);
3 - Filtros biológicos aerados;
4 - Biodiscos (locais onde a energia é barata);
5 - Sistemas individuais (descentralizados e bom para geração de pequenas quantidades de energia);
6 - Reator Anaeróbio de Manto de Lodo - Reatores anaeróbios de fluxo ascendente, RAFA ou UASB (bom para pequenos volumes e locais sujeitos a inundações).
Vários fatores influem na escolha do tipo de processo de tratamento a ser empregado em cada caso. Não existe um tratamento mais eficiente que outro nem um mais barato: EXISTE O MAIS CONVENIENTE! O importante é definir a tecnologia mais adequada à realidade regional, tendo como base princípios de sustentabilidade, procurando harmonizar os pontos de vistas econômico, social e ecológico.

* Chama-se de sanitário o esgoto de origem doméstica (pias, lavatórios, sanitários, banhos etc)

Nenhum comentário: