segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Momento lírico 76

POEMINHAS - I
(Karl Fern)
MINHA AMADA
Não quero ser um semideus
O mago de todos os encantos
O poeta dos melhores cantos
O mais venturoso dos plebeus
O par perfeito dos himeneus
Nem o mais milagroso dos santos
Eu só quero, entre outros tantos,
Ser o melhor dos sonhos teus!

MAIS QUE DEMAIS!
Mulheres são seres adoráveis
Crias misteriosas e encantadoras
Pérolas fascinantes e cobiçáveis
Completas, perfeitas, sedutoras
Mesmo sendo todas mimosas
Algumas são um pouco mais
E entre essas mais poderosas
Há uma mais que às demais!

NÃO CREIO!
É uma história que não aceito
A mulher vir da costela de Adão
Não posso acreditar nunca não,
Pois um ser tão nobre e perfeito
Só pode ter sido pensado e feito
Do mais fino tecido do coração!

EU
Eu não sou um fofoqueiro
Não acredito em fantasma
Também não sofro de asma
Não sou escravo do dinheiro
Acredito em mim primeiro
Qualquer que seja o momento
Ajo sempre com discernimento
Procuro não parecer radical
E pra quem for meu amigo leal
Meu abraço fiel, verdadeiro!

2 comentários:

Damiao Dantas disse...

Lindo poema e grato também pela ilustração, aquele abraço.

Anônimo disse...

Eu amei todos!! Essa ilustração é perfeita!

Obrigado!