segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Momento lírico 65

ROSA DE AMOR
(Karl Fern)

Rosa púrpura perfumada
De singela e mimosa beleza
Faça sorrir a minha amada
Com ternura e delicadeza.

Matize sua tez de menina
Delicie com seu suave odor
Entreabra sua boca divina
Num leve sorriso de amor.

Dê-lhe o manto da felicidade
Deixando minha lembrança
Levando-a a sentir saudade
Inferindo-lhe total confiança.

Leve-a a sonhar uma cena
Da mais comovente paixão
Pensando em mim, serena,
Com pura e profunda afeição.

Ser de generosos pendores
Musa de cálida formosura
Como rainha magna das flores
Afague tão cativante criatura!

2 comentários:

Anônimo disse...

Coisa mais sublime! Meiga, apaixonante!

Amei! Um abraço!

Anônimo disse...

SIMPLESMENTE LINDO, UM VERDADEIRO MOMENTO LÍRICO!


OBRIGADO!