domingo, 5 de agosto de 2012

Momento lírico 56

UMA PALAVRA DE CARINHO
 (Karl Fern)

Uma palavra de carinho
A qualquer alma faz bem
Ao mais sisudo ente convém
Afaga a entristecida criatura
Preenche o ego com ternura
Reverte o esmorecimento
Consola um atroz tormento
Reflui na íntima sensibilidade
Amplia aréolas de felicidade
Embeleza todo sentimento.

Marcante nalgum momento
Pra quem ela for dirigida
Alegra a pessoa sofrida
Espanta cruciante melancolia
De um infortúnio ela alivia
Motiva renovada esperança
Restitui perdida confiança
Dissolve mágoas e amarguras
Remedia cruéis desventuras
Põe fim uma vil insegurança

Seja idoso, adulto ou criança
Angustia quem ela não tem
Sua ausência lhe faz refém
De amargurante solidão
Realça a dolorosa aflição
Mormente se sentir sozinho
Sem rumo em seu caminho
Pra todo e qualquer instante
Nada é mais reconfortante
Que uma palavra de carinho.

Um comentário:

Anônimo disse...

Simplesmente Encatador!!!