quarta-feira, 27 de junho de 2012

Momento lírico 40


GOTA A GOTA
(Karl Fern)

Chuva fininha que cai
Que cai devagarinho
E cada gotinha se vai
Juntando-se pelo caminho.

Um filetinho se forma
Seguindo ladeira abaixo
O tempo lhe transforma
Em caudaloso riacho.

Outro riacho e mais um
E mais outros se unindo
E num destino comum
Um grande rio surgindo.

O que antes era tão frágil
Agora é firme e forte
E segue garboso e ágil
Seguindo a sua sorte.

Resultado conseguido
Das tantas gotas caídas
Uma a uma se unindo
Quando pareciam perdidas.

Na lição que ora se enreda
Até a natureza reforça
Que mesmo após uma queda
A UNIÃO FAZ A FORÇA!


Um comentário:

Anônimo disse...

Isso é que se chama um poeta eclético!! Parabéns!!