quarta-feira, 13 de junho de 2012

Momento lírico 32

MULHER
(Karl Fern)
Mulher, criatura tão especial e nobre
Incomparável sobre todo o universo
Ser indescritível em prosa ou verso
Maravilha que o brilho do sol recobre
Aonde um excelso amor se descobre
Corpo lascivo em puro êxtase imerso.

Fonte irresistível de sublime sedução
Figura dos propósitos mais líricos
Aporte de poéticos anseios físicos
Edifício eterno de ternura e devoção
Efígie fascinante de magia e emoção
Acrópole de fantásticos sonhos míticos.

Pedra preciosa de insuperável valor
Perfeita obra de arte da natureza
Sinfonia melódica de infinita leveza
Luminar enfeitiçante de brilhante fulgor
Alcova de inesquecíveis atos de amor
Anjo encantado de estonteante beleza.

Vício intenso das mais fortes paixões
Heroína lúdica de ávidos pensamentos
Desejo máximo de íntimos momentos
Acorde de suaves e românticas canções
Porto de saudades, suspiros e tentações
Transcendência dos mais belos sentimentos!

2 comentários:

Anônimo disse...

Qua coisa mais lindaaaaa!! me emocionei de verdade!

Parabéns meu poeta preferido!

Lucena Fernandes disse...

Que delícia esses versos!
Obrigada por exaltar nossas qualidades com tanto carinho!