sexta-feira, 25 de maio de 2012

Poema do pinguço (*)


Pra curar uma paixão, beber pinga com limão!
Pra curar uma amargura, beber pinga sem mistura!
Pra curar um sofrimento, beber pinga com fermento!
Pra esquecer um falso amor, beber pinga com licor!
Pra acalmar o coração, beber até cair no chão!
Pra acertar no jogo do bicho, beber uma no capricho!
Pra ganhar na loteria, beber pinga na bacia!
Pra viver sempre feliz, beber pinga com raiz.

Contra falta de carinho: cachaça, cerveja e vinho!
Contra dor de cotovelo, beber cachaça com gelo!
Contra solidão ou tédio, pinga é um santo remédio!
Contra qualquer desgraça, meta a cara na cachaça!
Contra o frio do São João, não esqueça o quentão!
Contra uma gripe cruel: pinga com limão e mel!
Contra falta de dinheiro, insista em ser cachaceiro!
Contra o fim da bebedeira, beba outra saideira!

Se alguém lhe engana, encha a cara de cana!!!
Se brigar com a namorada, beber pinga misturada!
Se brigar com a mulher, beber pinga na colher!
Se sua mulher é bacana, leve-a pra tomar cana!
Se der amor e não receber, misturar todas e beber!
Se alguém te faz sofrer, beber para esquecer!
Se não tiver o que fazer, o remédio é beber!!!
Se sentir falta de sorte, beba pinga até a morte!!!

(*) Adaptado da obra de um ilustre, desconhecido e anônimo poeta e... cachaceiro!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

Essa com certeza não foi feita por Sue Leon!!

Adorei!

Lucena Fernandes disse...

Essa é engraçada mas gosto mais das outras de Sue Leon!