sexta-feira, 13 de abril de 2012

Desinfecção "caseira" de água

Desinfetar uma água significa eliminar certos micróbios presentes na mesma. A desinfecção domiciliar é necessária quando se consume água de uma fonte sem tratamento. Tecnicamente aplica-se a simples desinfecção como meio de trata­mento para águas que apresentam boas características físicas e químicas a fim de garantir que ela não provoque doenças de origem bacteriológica. Ou seja, a desinfecção não tira gosto nem faz com que a água fique menos “barrenta”.
Deve-se fazer a desinfecção da água em locais não abastecidos por Sistema Público de Abastecimento de Água. Sempre filtre e ferva ou desinfete a água antes de beber. Isso elimina vírus, bactérias ou parasitas que podem causar doenças.
Os agentes de desinfetantes mais usualmente utilizados são os com­postos de cloro:
-          Hipoclorito de cálcio (cerca de 70% Cl2);
-          Cloreto de cal (cerca de 30% Cl2);
-          Hipoclorito de sódio (cerca de 10% Cl2);
-          Água sanitária (cerca de 3 a 5% de Cl2).
A água sanitária é um dos desinfetantes mais comuns. Para quem usa caixa d'água, encher e adicionar 5 colheres de sopa de água sanitária para cada 1000 litros de água. Após 30 minutos a água poderá ser consumida.
Para quantidades menores colocar 1 colher de chá de água sanitária para cada 20 litros de água. Misturar bem e, após 30 minutos, esta água poderá se consumida.
Caso seja para apenas um litro d'água adicione 5 gotas de água sanitária 5%. Misturar bem e, após 30 minutos, a água poderá se consumida.
Para limpar verduras a serem consumidas cruas, deixar de molho durante 20 minutos na mistura de uma colher de sopa de água sanitária para cada lito de água. Depois lave a verdura em água corrente.
Observação: Se a água for fervida não precisa ser desinfetada. Ou seja: ÁGUA FERVIDA NÃO PRECISA DE CLORO!
Aviso: Se você tem água encanada em sua casa direta da rede, aquele "esbranquiçado" que aparece na água da torneira, em determinados momentos, não é cloro! É ar! Lembre-se que isto sempre acontece quando chega água depois de algumas horas sem o líquido no sistema e, lógico, sem água a tubulação fica cheia de ar! Se aquilo fosse cloro, certamente só em cheirar você morreria envenenado!... Além do mais o cloro é esverdeado!
Fontes principais: http://www.dec.ufcg.edu.br/saneamento/ e http://www.fazfacil.com.br/materiais/cloro_tratamento.html

Nenhum comentário: